“Ser Mulher” Por Ana Caroline Batista Matos

“Ser Mulher” Por Ana Caroline Batista Matos

Compartilhe

ARTIGO DE OPINIÃO

Por Ana Caroline Batista Matos

Ana Caroline

“Ser Mulher”

Homenagear uma mulher nunca deixará de ser uma tarefa árdua, pois, a personificação do feminino por anos tem sido descrita como a mulher ouvinte, amável, simpática, educada e carinhosa. Mas ao observar o enredo histórico em que a mulher foi inserida ao longo dos séculos, pode-se compreender que estes estereótipos foram sendo criados a
partir de um ideal do feminino, o qual por vezes não condiz com a realidade.

 

Desse modo, é importante se atentar a mulher real que nós somos, pois por milhares de anos crescemos com a ideologia de que para ser mulher, é preciso cumprir um padrão
especifico do que é ser feminina. Mas o questionamento é, por que esse padrão nos aliena tanto? É realmente necessário sorrir sempre, nunca proferir uma palavra de baixo calão a alguém e manter a calma em todas as situações?

 

É comum ouvirmos falas onde expressam que as mulheres são guerreiras porque trabalham, cuidam de casa, são mães e algumas ainda conseguem manter-se esteticamente
dentro do padrão ideal proposto pela sociedade mesmo quando segue uma rotina turbulenta. Mas a reflexão que eu gostaria de deixar a vocês é, ser mulher é apenas isso? Eu ouso dizer que não, porque por detrás dessa pessoa que cumpre todos esses afazeres existe um ser humano subjetivo.

 

Com isto, hoje gostaria de homenagear a mulher real, a que todos os dias luta contra estereótipos e preconceitos, seja no trabalho, nos questionamentos da sua feminilidade, no seu direito de ir e vir em segurança e outras áreas especificas da sua vida. Eu gostaria de que por um segundo parecêssemos para observá-las e só assim começaríamos a compreender que ser mulher é muito mais do que uma rosa no jardim, um rosto bonito, um carinho, um afeto, ser mulher é lutar todos os dias pelo espaço que sempre foi seu, mas que lhe é negado.

 

ANA CAROLINE BATISTA MATOS
Estudante de Psicologia na (FADBA) Faculdade Adventista da Bahia.
Mora em Cachoeira – BA.
E-mail: carolinebatistamatosb@gmail.com
Telefone: (63) 9 9993-8593

1 comentário até agora

Gabriela Publicado em1:24 am - março 8, 2020

Que moça talentosa, que texto marcante, nunca me senti tão representada, por favor traga mais textos dessa Ana Caroline.

Deixe uma resposta