Neymar pode levar sete jogos de suspensão por agressão; acusado de racismo teria gancho de até 10 partidas

Segundo rádio “RMC”, tapa do brasileiro em Álvaro González pode ser enquadrado em artigos diferentes, que fariam sanção variar. Decisão pode vir na próxima quarta-feira.

Divulgação

Expulso depois de acertar um tapa em Álvaro González, em meio à revolta por uma acusação de racismo no fim do duelo entre PSG e Olympique de Marselha, Neymar pode receber até sete jogos de suspensão. A informação foi publicada pela rádio “RMC”, que analisou o regulamento da Ligue 1 e destacou os artigos nos quais o ato do brasileiro pode ser enquadrado. Acusado de racismo, González poderia ter gancho de até 10 partidas.

Quem decidirá sobre as sanções será o comitê disciplinar da Liga de Futebol Profissional (LFP) da França. O ato de Neymar poderia, segundo cita a “RMC”, ser enquadrado em artigos diferentes. O mais pesado seria “ato de brutalidade ou golpe cometido fora do ato de jogo” – que renderia até sete partidas de suspensão.

Se o artigo escolhido for “tentativa de golpe”, a pena máxima seria de seis jogos, enquanto um “comportamento de ameaça ou intimidação” renderia um gancho de até quatro partidas. O comitê disciplinar se reúne na próxima quarta-feira, mas a decisão pode demorar mais uma semana.

O comitê também decidirá sobre Álvaro González, acusado por Neymar de ter proferido injúrias raciais no fim do clássico. O brasileiro afirma que o espanhol o chamou de “Macaco filho da p…”, o que poderia ser enquadrado no artigo de “palavras, gestos ou atitudes dirigidas a uma pessoa em particular devido à ideologia, raça, etnia, religião, nacionalidade, aparência, orientação sexual, gênero ou deficiência”.

Neymar terá que cumprir a suspensão automática causada pelo cartão vermelho e está fora do duelo contra o Metz, na próxima quinta-feira. Ele foi um dos cinco jogadores expulsos no tenso clássico entre PSG e Olympique, vencido pelo time de Marselha. Além do brasileiro, receberam a punição máxima Kurzawa e Paredes, pelo PSG, e Benedetto e Amavi, pelo Olympique.

IBGE irá contratar 6,5 mil profissionais temporários para pesquisa

Profissionais poderão ser contratados a partir de janeiro de 2021 e duração dos contratos deverá ser de até um ano, podendo ser prorrogados.

Divulgação

A Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foi autorizado pelo Ministério da Economia a contratar, por tempo determinado, 6,5 mil profissionais para operacionalização das pesquisas permanentes do órgão. A portaria de autorização foi publicada nesta sexta-feira (11) no Diário Oficial da União e visa reforçar o quadro de pessoal do IBGE, à substituição de servidores e empregados públicos.

Os profissionais poderão ser contratados a partir de janeiro de 2021 e somente serão formalizados mediante disponibilidade de orçamento específico. O prazo de duração dos contratos deverá ser de até um ano, podendo ser prorrogados para a conclusão das atividades.

O edital de abertura das inscrições para o processo seletivo simplificado deverá ser lançado em até seis meses. O IBGE definirá a remuneração dos profissionais a serem contratados. As vagas estão divididas em Agente de Pesquisas e Mapeamento (5.623), Supervisor de Coleta e Qualidade (552), Agente de Pesquisas por Telefone (300) e Supervisor de Pesquisas (25).

Em razão da pandemia de covid-19, atualmente, o instituto mantém as pesquisas em campo por telefone. “É importante que a sociedade entenda a relevância da continuidade da produção das informações e atenda o IBGE pelo telefone para garantir que as informações que o país precisa continuem sendo produzidas”, destacou o órgão.

O atendimento telefônico gratuito do IBGE 0800 721 8181 está operando remotamente e através dele o informante pode confirmar a identidade do entrevistador.

Covid-19: Tocantins registra 790 novos casos e 11 novas mortes em decorrência da doença

Atualmente, o Tocantins apresenta 58.655 casos no total, destes, 40.024 pacientes estão recuperados.

Divulgação

Nesta sexta-feira (11/9) o Tocantins contabilizou 790 novos casos confirmados da Covid-19, sendo 189 das últimas 24h. O restante é de exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Dos 790 novos casos 353 foram detectados por RT-PCR, 102 com Sorologia e 335 através testes rápidos.

Atualmente, o Tocantins apresenta 58.655 casos no total, destes, 40.024 pacientes estão recuperados, 17.847 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 784 pacientes foram a óbito.

Veja na imagem abaixo o detalhamento de novos casos por cidade:

Divulgação

Pós-graduação oferta 150 vagas gratuitas para professores da rede pública no Tocantins

O início das aulas está previsto para outubro de 2020.

Inscrições vão até 24 de setembro / Foto: Katriel Bernardes

Estarão abertas até o dia 24 de setembro as inscrições para o curso de pós-graduação lato sensu em Docência para Educação Profissional e Tecnológica (DocentEPT).

São ofertadas 150 vagas destinadas aos professores da rede estadual de ensino do Tocantins (efetivos e contratos temporários vinculados à Educação Profissional e Tecnológica – EPT). O curso, em nível de especialização, será realizado na modalidade a distância, pela plataforma Moodle.

O curso gratuito foi viabilizado com a adesão da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) à iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e integra o Programa Novos Caminhos. A instituição responsável pela pós-graduação é o Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), campus Colatina.

A duração é de 12 meses, e a previsão para início das aulas é em outubro de 2020. O curso é destinado a professores da rede pública estadual que atuam ou atuaram em disciplinas da área técnica de cursos da Educação Profissional e Tecnológica (EPT), a partir de 1º de janeiro de 2019 até a data da publicação do edital, e que sejam portadores de diploma de curso superior em qualquer área de conhecimento devidamente reconhecido, validado ou revalidado por órgão competente do MEC ou designado por este.

Inscrições

O edital do processo seletivo está disponível no site do Instituto Federal. As inscrições podem ser realizadas unicamente pelo link do processo seletivo. A seleção será conduzida pela comissão do IFES.

Dúvidas sobre o processo seletivo e a respeito do edital podem ser sanadas pelo setor de Gestão dos Polos de Apoio Presencial da UAB da Seduc, pelo telefone (63) 99262-0009 ou através dos endereços de e-mail: utepuab@seducto.gov.br e selecao.docentept@ifes.edu.br

Auxílio emergencial: Caixa paga hoje nova parcela a 4 milhões

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga hoj, sexta-feira (11) mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 4 milhões de trabalhadores beneficiados nascidos em maio, que fazem parte do Cadastro Único e aqueles inscritos por meio de aplicativo, site ou pelos Correios.

Para o público do Bolsa Família, a quinta parcela terminou de ser paga no dia 31 de agosto. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o Bolsa.

Para os demais, a ajuda de R$ 600 será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta sexta serão liberados a partir de 3 de outubro (veja nos calendários mais abaixo).

VEJA QUEM RECEBE NESTA SEXTA-FEIRA:

  • 4 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em maio, recebem a próxima parcela:
    – aprovados no primeiro lote recebem a quinta parcela;
    – aprovados no segundo lote recebem a quarta parcela;
    – aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a terceira;
    – aprovados no quinto e sexto lotes recebem a segunda;
    – aprovados no sétimo lote recebem a primeira parcela;
    – aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, recebem a quinta parcela;
    – aprovados em outros lotes, que receberam a primeira parcela em meses anteriores mas tiveram o pagamento reavaliado em agosto, recebem todas as parcelas restantes, até a quinta.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Libertadores 2020 | SBT assina contrato e abre transmissões da Libertadores com Palmeiras

O SBT fechou a compra dos direitos de transmissão da Copa Libertadores da América para TV aberta. A notícia foi antecipada pelo UOL Esporte na última segunda-feira (7). O contrato foi assinado na manhã de hoje (10) pelo vice-presidente da emissora de Silvio Santos, José Roberto Maciel, e representantes da Conmebol, a entidade máxima do futebol sul-americano. A primeira transmissão será entre Bolívar e Palmeiras, pela terceira rodada da fase de grupos, na próxima quarta-feira (16/9).

A cobiçada Taça Libertadores exposta em Lima, antes de Flamengo e River Plate jogarem a final da edição de 2019
Imagem: Manuel Velasquez/Getty Images

A partir de agora, a emissora de Silvio Santos irá tomar providências para a montagem de sua equipe. Nessa operação, o SBT conta com um trunfo. Como a Conmebol se responsabiliza pelo aspecto técnico das transmissões (equipamentos, especialistas etc), o canal pode usar mais recursos na contratação dos profissionais à frente das câmeras.

Os primeiros nomes estudados para a narração são os de Téo José e de André Henning. O primeiro trabalha para a Disney e foi emprestado ao SBT para comandar a transmissão do Fla-Flu que decidiu o Carioca deste ano, em julho. O segundo é o nome titular da Turner em transmissões do Brasileirão e da Liga dos Campeões da Europa. Ambos estão com contrato perto do fim com seus empregadores.

Para reportagem e comentários, Mauro Naves é um dos nomes preferidos da cúpula, devido a sua experiência e popularidade após muitos anos na Globo. Naves foi contratado no início do ano pelo Fox Sports e atua como comentarista dos canais Disney. Também serão contratados produtores e coordenadores de transmissão para compor uma equipe robusta. Ao todo, pelo menos 30 profissionais devem chegar para o núcleo esportivo.

Globo tentou última cartada

O acordo entre Conmebol e SBT só foi possível depois de a Globo rescindir seu contrato com a competição já iniciada, mas interrompida devido à pandemia do novo coronavírus. A emissora carioca manteve negociações com a confederação sul-americana e ainda tentou uma última cartada nesta semana para manter a Libertadores em seu menu. A aproximação foi rejeitada: a entidade já estava com condições e valores acertados com o SBT.

A Globo tinha um contrato até 2022 por US$ 60 milhões ao ano pelos direitos tanto de TV aberta e jogos da TV fechada. A rescisão do acordo foi pedida à Conmebol por considerar o valor alto —principalmente após a disparada do valor do dólar nos últimos meses.

A Libertadores será mostrada no SBT em TV aberta, mas outros veículos mostrarão o torneio na TV por assinatura (Fox Sports) e em streaming e redes sociais (Facebook). Na TV fechada, a Disney já sabe quais partidas fará, mas pode aumentar o pacote porque partidas antes previstas para o SporTV estão sem dono. Já o Facebook pode perder a exclusividade de jogos às quintas-feiras por causa das mudanças no calendário em decorrência da pandemia. A rede social, porém, continua com um pacote prioritário, incluindo partidas de Flamengo e Santos.

Tabela e mercado

Neste primeiro momento, o SBT não tem o poder de mexer nos horários e apenas herda o que já havia sido escolhido pela Globo. A partir da fase de mata-matas, a emissora de Silvio Santos poderá escolher horários que se adequem melhor a sua grade, incluindo a possibilidade de exibir jogos mais cedo. Por ora, a estreia oficial do SBT na Libertadores (Palmeiras x Bolívar) concorrerá com Corinthians x Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, que será mostrado pela Globo no mesmo horário.

Outro ponto é fechar o pacote de publicidade para os anunciantes. Diretor comercial do SBT, Fred Muller procurou informalmente nomes do mercado publicitário para saber qual seria o interesse de marcas relevantes em anunciar nas transmissões que começam na semana que vem. A resposta foi animadora. Ao menos seis grandes empresas demonstraram interesse imediato. Entre elas, estão duas que fecharam cotas no Fla-Flu do Carioca, exibido pelo canal em julho: PicPay e Ambev.

A informação que circula no mercado hoje é de que o pacote comercial estará disponível em breve. Além de seus próprios patrocinadores, o canal de Silvio Santos também dará espaço para os parceiros comerciais da Conmebol, algo que a Globo não fazia até então.

“É muito bom poder anunciar esta parceria. Sabemos que o futebol é o esporte mais popular no Brasil e, como somos também uma emissora popular, nada melhor do que podermos voltar às transmissões nacionais com um torneio como a Libertadores. Esperamos corresponder às expectativas dos fãs do futebol e do mercado publicitário”, disse José Roberto dos Santos Maciel, CEO do SBT.

“Temos o prazer de apresentar o SBT como novo detentor dos direitos televisivos da Libertadores para o Brasil. Esta aliança nos permitirá levar a emoção da ‘Glória Eterna’ a mais torcedores no território brasileiro”, afirmou Juan Emilio Roa, diretor comercial da Conmebol.

Suposto autor da morte do policial federal no Tocantins ainda está foragido; secretaria de segurança emite nota sobre o caso

O  crime contra o servidor da Polícia Federal, Aécio de Moura Lucas, ocorrido numa fazenda em Aparecida do Rio Negro, ainda não foi esclarecido. O principal suspeito do crime é o caseiro do policial morto.

Créditos: Gazeta do Povo

O corpo do policial foi encontrado na tarde de quarta-feira. O veículo da vítima teria sido levado pelo suspeito e abandonado  em Silvanópolis-, perto de Porto Nacional. As polícias civil, militar do Tocantins  e federal estão à procura do autor do crime. Leia a nota emitida pela secretaria de segurança pública do Estado sobre o caso.

NOTA À IMPRENSA

“A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DHPP) de Palmas, informa que o corpo do servidor da Polícia Federal, Aécio de Moura Lucas, foi encontrado em sua fazenda no município de Aparecida do Rio Negro, por volta das 15 horas desta quarta-feira, 9, por um amigo da família. O crime foi comunicado à Superintendência da Polícia Federal no Estado do Tocantins que, em seguida, acionou a Polícia Civil. De imediato, a equipe da 1ª DHPP de Palmas e a Perícia Criminal se deslocaram para a propriedade e fizeram o levantamento do local do crime.

Informações preliminares indicam que trata-se de um suposto crime de latrocínio (roubo seguido de morte) e que o principal suspeito seria o caseiro da propriedade, que fugiu levando o veículo da vítima e uma arma de fogo calibre 380.

Equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Federal iniciaram de imediato as buscas pelo suposto autor do homicídio. Por volta das 19 horas desta quarta-feira, 9, o veículo da vítima foi localizado no município de Silvanópolis. Porém, até o momento, o suposto autor ainda não foi localizado. Diligências seguem sendo realizadas para que sua prisão aconteça nas próximas horas”.

Educação anuncia aulas não presenciais para alunos do ensino fundamental na rede estadual

Dando continuidade ao ano letivo na rede estadual de ensino, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), realiza a primeira semana de atividades, na modalidade não presencial, para os estudantes do ensino fundamental, 1º ao 9º ano, a partir desta quinta-feira, 10. Com a execução das atividades para o ensino fundamental, todos os estudantes da rede estadual estarão com o ano letivo em andamento.

Com o retorno do ensino fundamental, Educação garante retomada do ano letivo para toda rede estadual – Elias Oliveira / Governo do Tocantins

“Nossa preocupação com a execução do calendário escolar está alinhada com a preocupação com a manutenção da saúde dos estudantes e de todos os profissionais da educação que atuam nas unidades de ensino. Desse modo, estamos realizando atividades não presenciais, seguindo todas as recomendações das organizações e autoridades de saúde”, pontuou a titular da Seduc, Adriana Aguiar.

Cronograma

As atividades para as escolas do ensino fundamental começam nesta quinta-feira, 10, com a entrega aos professores do material de língua portuguesa e matemática – Aprova Brasil, e os livros de Educação para o Trânsito (manual do professor). Já nesta sexta, 11, e segunda, 14, ocorrerá a apresentação da proposta da realização de atividades educacionais não presenciais, orientações de rotinas pedagógicas para o ensino fundamental, assim como a formação para os professores. Serão formações específicas voltadas para o programa Aprova Brasil (professores de português e matemática); bem como formação para os professores das demais áreas do conhecimento para a elaboração dos roteiros de estudos; formação para o programa de Educação para o Trânsito; e formação para o programa Vamos Aprender.

Na terça e quarta-feira, dias 15 e 16, serão elaborados os roteiros de estudos, que serão retirados pelos estudantes/responsáveis, nas suas respectivas unidades de ensino ou na rota do transporte escolar nos dias 17 e 18. Juntamente com os roteiros, os estudantes/responsáveis vão retirar os livros de português e matemática (Aprova Brasil) e os livros de Educação para o Trânsito, que vêm para reforçar o conteúdo do ensino fundamental. Com os roteiros e livros em mãos, os estudantes darão início à execução das atividades propostas.

Material exclusivo

Com o objetivo de desenvolver competências pedagógicas e melhorar o ensino ofertado aos estudantes do ensino fundamental, o Governo do Tocantins aderiu ao programa Aprova Brasil. A iniciativa é uma realização da Seduc com a Editora Moderna e oferecerá material pedagógico, de língua portuguesa e matemática, específico; formação para os professores e acompanhamento dos resultados por meio de uma plataforma exclusiva. “O Programa vem como uma ferramenta de extrema importância para fortalecer o ensino não presencial aos estudantes do ensino fundamental, visto que se trata de um material totalmente adaptado para este momento desafiador que vivenciamos devido à pandemia”, enfatizou a secretária.

Além do Aprova Brasil, a Seduc aderiu ao programa Vamos Aprender, criado por diversas instituições públicas e privadas, dentre elas o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Com o Vamos Aprender, os estudantes terão acesso a recursos educacionais digitais que visam promover a interatividade e a integração das diferentes linguagens e mídias. Os conteúdos serão veiculados em emissoras de televisão, rádio e ainda disponibilizados em plataformas digitais.

Apoio aos municípios

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes tem mantido um diálogo constante com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-Tocantins), entidade que representa as secretarias municipais de educação, visando contribuir para a retomada das aulas também nos municípios, sempre respeitando a autonomia destes, conforme explicou a titular da pasta, Adriana Aguiar. “A Undime já nos apresentou um planejamento de retorno das aulas nas redes municipais e à medida que os municípios forem colocando em prática este plano, a Seduc está à disposição para apoiá-los”, ressaltou.

Ensino Médio

A retomada das aulas para o ensino médio de forma não presencial foi executada por etapa e de forma gradual. Em 29 de junho, retomaram as aulas os estudantes da 3ª série e, em 10 de agosto, foi a vez dos alunos da 1ª e 2ª série do ensino médio retomarem seus estudos, seguindo as recomendações de segurança determinadas pelas organizações de saúde.

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO, JUVENTUDE E ESPORTES – TOCANTINS GOVERNO DO ESTADO

Projeto que prevê até 5 anos de prisão por maus-tratos a cães e gatos é aprovado no Senado

Pena atual é detenção de três meses a um ano, e multa.

Texto foi aprovado na Câmara no final do ano passado / Foto: Shutterstock

O plenário do Senado aprovou projeto que aumenta as penas para maus-tratos a cães e gatos durante sessão remota nesta quarta-feira (9). O texto foi aprovado na Câmara no final do ano passado e agora segue para a sanção presidencial.

Pela proposta, a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação a cães e gatos será punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. Hoje, a pena é de detenção, de três meses a um ano, e multa — dentro do item que abrange todos os animais.

O projeto altera a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605, de 1998) para criar um item específico para cães e gatos, que são os animais domésticos mais comuns e principais vítimas desse tipo de crime.

O deputado Fred Costa (Patriota-MG), autor da proposição, acompanhou a votação da sala da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen), de onde são transmitidas as sessões remotas do Senado. Para o deputado, o projeto responde a um problema concreto da sociedade brasileira, que tem se revoltado a cada caso de violência com os animais.

Relatório

O relator, senador Fabiano Contarato (Rede-ES), elogiou a iniciativa da matéria. Em seu relatório, ele apontou que, apesar da proibição legal, a imprensa e as redes sociais têm divulgado o aumento da frequência de delitos graves envolvendo atos de abuso e maus-tratos especificamente contra cães e gatos, “o que gera um clamor social para que a legislação seja alterada”. O senador lamentou que muitos desses atos cruéis sejam até filmados e divulgados na internet.

Contarato destacou que, com o isolamento social por conta da pandemia do coronavírus, os casos de maus-tratos cresceram muito. Com base nos registros da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (Depa), o senador informou que, somente no estado de São Paulo, denúncias de violência contra animais aumentaram 81,5% de janeiro a julho de 2020, em relação ao mesmo período do ano passado.

“Este projeto é muito importante. É inaceitável o que vem acontecendo no Brasil no aspecto da proteção animal”, declarou o senador, lembrando que a data de 9 de setembro é destinada a comemorar o Dia Nacional do Veterinário.

De acordo com o relator, estudos acadêmicos e estatísticos ressaltam, inclusive, a correlação entre maus-tratos aos animais domésticos — em sua maioria cães e gatos — e violência doméstica. A crueldade animal, destacou Contarato, está conectada a outros atos de violência, o que torna os maus-tratos aos animais de estimação um indicativo de abuso familiar, com a demanda de serem devidamente evidenciados e reconhecidos, “para que a saúde e a segurança social sejam asseguradas na sociedade”.

Este projeto é uma forma de dar viabilidade ao mandamento constitucional de proteger a fauna. É nossa responsabilidade garantir aos animais saúde e bem-estar”,  disse Contarato.

Manifestação

Na manhã de terça-feira (8), ativistas da causa dos animais fizeram uma manifestação em frente ao Congresso Nacional para defender a aprovação do PL 1.095/2019.

Militantes independentes e representantes de entidades ligadas à defesa dos animais estenderam uma faixa cobrando cadeia para quem maltrata cães e gatos. Centenas de imagens de cães e gatos vítimas de violência foram colocadas no gramado, como forma de chamar a atenção para o tema. Cerca de 30 organizações manifestaram apoio ao ato em frente ao Congresso.

Em boletim divulgado nesta quinta (10) Tocantins volta a confirmar mais de mil casos em um só dia

Atualmente, o Tocantins apresenta 57.897 casos no total, destes, 39.080 pacientes estão recuperados.

Divulgação

Nesta quinta-feira (10/9) o Tocantins contabilizou 1.287 novos casos confirmados da Covid-19, sendo 256 das últimas 24h. O restante é de exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Dos 1.287 novos casos 734 foram detectados por RT-PCR, 145 com Sorologia e 408 através testes rápidos.

Atualmente, o Tocantins apresenta 57.897 casos no total, destes, 39.080 pacientes estão recuperados, 18.044 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 773 pacientes foram a óbito.

Confira na tabela abaixo o detalhamento de novos casos por cidade:

Divulgação