Arquivar fevereiro 2020

Professor da APAE de Goianorte – TO, Incentiva aluno cadeirante a Matricular-se em Escola de Ensino Regular

A Iniciativa começou quando o Professor Ronair Nunes começou a trabalhar na Escola Estadual Novo Paraíso (APAE).

Professor Ronair tem 1 ano e 6 meses de trabalho prestado na APAE, Quando ele entrou, adotou no coração o sonho de levar o aluno “José Aparecido” para o Ensino Regular.

A idéia foi abraçada por toda equipe APAE.

Em fevereiro de 2020, José Aparecido de 34 anos, cadeirante com Deficiência Física foi matriculado no Ensino Regular na Escola Estadual Morro do Mato, assim realizando uma conquista a APAE da Cidade de Goianorte que sempre sonha com um novo amanhã.

Estou muito feliz em fazer parte da vida de muitos alunos que precisa do carinho e respeito de todos nós, somos todos iguais e juntos fazemos a inclusão valer a pena, disse Ronair.

Para a Maria José, mãe do José Aparecido, foi uma grande conquista na vida de seu filho.

Estou muito feliz pela iniciativa da APAE, junto com o Professor Ronair Nunes, com plena certeza meu filho estar feliz, pois ele sente e compreende o carinho que todos tem por ele, ressaltou Maria José.

Inclusão social é o conjunto de meios e ações que combatem a exclusão aos benefícios da vida em sociedade, provocada pelas diferenças de classe social, educação, idade, deficiência, gênero, preconceito social ou preconceitos raciais. Inclusão social é oferecer oportunidades iguais de acesso a bens e serviços a todos.

FAMOSOS | Brenda Gonçalves, Participante do “The Voice Kids 2020” da “Rede Globo” da Terra do Samba e do Funk, Cantora Brilha no “The Voice Kids Brasil”

A cantora mirim, Brenda  Gonçalves, 11 anos,  do The Voice Kids, da Rede Globo.
Natural de Belford Roxo, RJ,  terra do Funk e do Samba, Brenda passeia com facilidade pelos ritmos Pop Nacional, Internacional, Regaee, Sertanejo, dentre outros.  
Nas apresentações no The Voice,  Brenda tem  chamado a atenção do público e do próprio corpo de  jurados, com sua personalidade, afinação, tom de voz, presença de público, quesitos que fazem dela uma das estrelas do musical da Globo em 2020.

Foto: Arthur Meninea/Gshow

Confira a seguir a entrevista.
Together News – Quem é Brenda?
Brenda –   Curso  o sétimo ano do ensino fundamental , sou atleta de Jiu Jitsu, tenho 75 títulos, tri- campeã Brasileira,  tri campeã Carioca, tri campeã Estadual, tri campeã Sul Americana, Bi campeã mundial da CBJJO, Vice campeã do Pan kids na Califórnia nos Estados Unidos ). Além disso, gosto de cantar desde pequena.
Together News – Como surgiu a paixão pela música?
Brenda –  Quando eu  tinha uns 3 anos meu pai sempre ouvia músicas  no carro e eu tinha uma facilidade muito grande em gravar as letras e adorava interpretar. Quando eu completei 7 anos pedi para que ele me colocasse na aula de violão, desde então comecei a aprender a tocar e a fazer vídeos para postar nas redes sociais e também me apresentava em festas de família, barzinhos e shoppings.
Together News Toca qual instrumento e há algum outro que gostaria de tocar?
Brenda –  Toco violão e gostaria de aprender teclado.
Together News – Qual música  mais inspira você?
Brenda – Ed Sheran
Together News – O que a música representa para você?
Brenda – A música me alegra, me relaxa e tira minha tensão antes das lutas e me tira do tédio.
Together News – Quem segue você nas redes sociais tem um carinho muito especial pelo seu trabalho. Como se sente  ao ser elogiada pelo público?
Brenda –  Lennon é um rapper que eu amo, Priscila Tossan, participante do The Voice Brasil, Lulu Santos e Kauã Reymond  já postaram vídeos meus no instagram deles e várias outras pessoas influentes e importantes no mundo do JiuJitsu.  Fico muito feliz com todo carinho que recebo tanto na música quanto no tatame, isso me motiva cada vez mais.
Together News – Como chegou ao The Voice Kids Brasil 2020 da Rede Globo?
Brenda – Meu pai me inscreveu e na mesma semana eles ligaram para minha mãe marcando uma reunião.
Together News – Como está sendo a experiência de participar do programa?
Brenda – É uma sensação incrível, estou vivendo um sonho, fiz amizades  maravilhosas e estou aprendendo muito com tudo isso. Com toda certeza ficará marcado para o resto da minha vida.
Together News – O que mudou para você  no decorrer do programa?
Brenda – Muitas pessoas me reconhecem nas ruas, pedem para tira fotos, me chamam para cantar em diversos lugares e  se Deus quiser, tenho certeza de que muitas portas se abrirão  com a minha participação no programa.
Together News – Como o público vê você depois da primeira participação no programa?
Brenda –  Acho que está sendo muito positivo, as pessoas me elogiam muito e tem muita gente torcendo por mim.
Together News – Como é a estrutura do The Voice Kids 2020? Já tinha visto algo igual?
Brenda – Tudo  perfeito, parece um sonho… Nos dias de gravações nós brincamos muito, cantamos junto, aprendemos muito, nem parece que existe competição.
Together News – Já participou de outro concurso musical?
Brenda – Já fui campeã de um show de talentos em Nova Iguaçu em 2018.
Together News – A vida artística é de altos e baixos. Já foi criticada? E como reagiu?
Brenda – Ah sim. Infelizmente ninguém consegue agradar a todos. Quando as críticas são construtivas, procuro sempre evoluir e melhorar, quando é algo que me deixa triste, eu procuro sempre focar nas coisas boas.
Together News – Quem são as pessoas que sempre apoiaram você?
Brenda – Meu pai, minha mãe, minha família e meus  patrocinadores ( Colégio Elite, minha academia Alliance RJ, Aleixus, Scort Car, minha nutricionista Águida Lemos, minha coach Kelly, Abradecks ) Graças a Deus sou rodeada de pessoas maravilhosas.
Together News – Como tem sido a reação na cidade e na escola? Como esse público está  reagindo à sua participação no programa?
Brenda – Estou muita conhecida.  O pessoal me pede fotos, autógrafos, pedem para  eu cantar.
Together News – Qual sua maior conquista até aqui?
Brenda – Ter essa oportunidade incrível de participar do The Voice Kids 2020  e ser vice- campeã do Pan Kids na Califórnia- Estados Unidos em 2019.
Together News – Qual seu maior sonho na carreira artística?
Brenda – Tornar-me uma artista mundialmente famosa.

Foto: Arthur Meninea/Gshow

|Segue a Brenda Gonçalves no Instagram: @brendinha_jj|

Educação Adventista | Alunos pedem que amigos neguem o desafio “quebra-crânios”

“Brincadeira” que se tornou viral na internet pode causar traumatismo craniano e levar à morte.

Estudantes querem promover a amizade e as brincadeiras saudáveis. (Foto: Davner Toledo)

Uma nova brincadeira, disseminada principalmente nas escolas, chamada de “quebra-crânios”, está causando preocupação entre pais, educadores e profissionais de saúde. Nela, três pessoas ficam lado a lado. Enquanto a do meio, desavisada, pula, as duas das pontas aplicam uma rasteira, causando sua queda. Pensando em fazer um alerta, um grupo de alunos do Colégio Adventista de Vitória lançou um desafio para que amigos digam não à “brincadeira”.

Esther de Oliveira, de 13 anos; Sara Silveira de Melo Moura, de 12 anos e Nicolas Eduardo Freitas Goulart, de 13 anos, se uniram no corredor da unidade escolar e gravaram um vídeo para estimular as pessoas a negarem o desafio e valorizarem a vida e as amizades.

Gravidade

Em entrevistas à imprensa, profissionais de saúde explicam que dependendo do grau que a cabeça se inclina na hora da queda, pode fletir (dobrar) e esse movimento causar a compressão da vértebra, levando à fratura da coluna, o que pode deixar a pessoa paralítica e até levar a morte. Veja aqui uma das reportagens.

Dicas para prevenção

A psicopedagoga Maria Tereza Samora explica que a internet está cheia de brincadeiras realmente perigosas. “Esses jovens praticam ações que visam descobrir o limite do seu próprio corpo, ter sensação de euforia ou sensação de relaxamento. Tudo por motivações de busca em pertencer a um determinado grupo. Quem pratica não tem noção do real perigo que corre. Infelizmente, muitos casos terminam em morte ou sequelas graves”, destaca.

Para ela, é fundamental que as escolas abordem esse tema, mostrando que quem ganha o desafio é quem fica de fora. “Ganha o desafio quem tiver a coragem de dizer não. Essa é a mensagem”, explica. Maria Tereza ainda dá dicas para que os pais ajudem a prevenir as brincadeiras de risco:

DIÁLOGO – Fique atento e procure saber o que acontece na vida da criança/adolescente. Ao perceber qualquer mudança, procure um profissional da saúde.

ORIENTAÇÃO –  Oriente e alerte sobre os perigos dessas brincadeiras. Conscientize-os do real perigo da prática, que vão desde sequelas até morte.

CONFIANÇA –  Construa um espaço de confiança. Se a criança souber de alguém praticando, oriente-o a procurar ajuda.

VIGILÂNCIA –  O monitoramento do conteúdo acessado na internet também é importante como medida protetiva.

ENCORAJAMENTO – Encoraje-os a buscar alternativas saudáveis e a fazer as escolhas certas, sem medo dos julgamentos dos colegas.

Fonte, Notícias Adventista; Por Ayanne Karoline

Quanto mais honesto e direto você for, mais sozinho ficará – segundo estudos

De acordo com um estudo, se você é capaz de ser 100% honesto, há uma alta probabilidade de você ser deixado sozinho e sem amigos.

Há pessoas que sempre dizem o que pensam e sentem, que as tornam honestas e diretas, mas essa atitude nem sempre é bem recebida por todos, mesmo que você acredite que é uma virtude que você tem.

De acordo com a Universidade de Washington em Seattle, publicou um estudo no Journal of Personality and Social Psychology, eles dizem que as pessoas que são diretas e sempre preferem a verdade precisam acabar sozinhas.

Isso ocorre porque esses são traços de personalidade que às vezes trazem problemas de socialização, e não porque a pessoa tenha um comportamento ruim, mas a maioria não gosta de ouvir a verdade.

Por esse motivo, se você for muito direto e as pessoas não apoiarem sua sinceridade, elas se afastarão de você para evitar ter que ouvir as verdades que saem da sua boca. É aqui que você se isola do mundo.

A sinceridade pode ser uma faca de dois gumes, você pode ser deixado sozinho.

Este estudo também mostrou que pessoas honestas tendem a ter pouco senso de humor, tornando mais difícil lidar com elas e suas palavras podem parecer mais difíceis do que o normal.Além disso, foi mostrado que pessoas menos diretas tendem a ficar mais relaxadas e se relacionar melhor com as pessoas.

Mas com isso, não estamos dizendo para você parar de ser honesto, basta usar palavras mais sutis, pensar bem no que vai dizer para não machucar ninguém e afastar as pessoas da sua vida.

O importante aqui é que você aprende a se comunicar melhor com as pessoas ao seu redor. Não dizemos que você é hipócrita, mas que pensa duas vezes nas palavras a serem usadas para se expressar.

Dessa forma, para alcançar uma comunicação eficaz com as pessoas, você terá boas relações familiares e profissionais, para que sua vida esteja em harmonia e não seja deixada sozinha.

Se você conhece a pessoa com quem você compartilha o seu dia-a-dia, sabe exatamente o que pode prejudicá-la; portanto, evite dizer aquelas palavras ofensivas que podem desencadear um mal-entendido.

Se você gostou do artigo, compartilhe-o.

amigos notícias solidão.

Tocantins | Crianças encontram jacaré em poça de lama no centro de Guaraí

Animal foi resgatado por uma equipe do CCZ e solto em uma reserva. Área onde ele foi encontrado é perto dos principais prédios públicos da cidade.

Jacaré estava em poça de lama no centro da cidade — Foto: Guaraí Notícias/Divulgação

Crianças que brincavam no centro de Guaraí, região norte do estado, tomaram um grande susto na tarde desta quinta-feira (6) ao encontrar um filhote de jacaré dentro de uma poça de lama. Eles numa área verde que fica próxima de prédios como a Prefeitura e a Câmara da cidade quando avistaram o animal e correram para buscar ajuda.

Como a cidade não tem unidade da Polícia Militar Ambiental ou do Corpo de Bombeiros, o resgate foi feito por uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Eles imobilizaram o animal pelo pescoço e o levaram em um caminhão da prefeitura. Como não tinha ferimentos, o jacaré foi solto logo depois em uma reserva no entorno da cidade.

Animal foi imobilizado pro equipe do CCZ — Foto: Guaraí Notícias/Divulgação

O CCZ informou que o animal tinha aproximadamente 1,2 metro e que biólogos contatados por eles afirmam que ele era da espécie jacaretinga. Nenhuma das crianças que estavam no local quando o jacaré apareceu se machucou.

Animal foi solto em reserva perto da cidade — Foto: Guaraí Notícias/Divulgação

Política Tocantins | PRTB lança Subtenente Soley como pré-candidato a prefeito de Colmeia

Na tarde desta segunda-feira, 5, um grupo de lideres políticos da cidade de Colméia participou de reunião em Palmas, a convite do presidente regional do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Júlio Fidelix , e do secretário regional da sigla, Adriano Ribeiro.

Além de tratar de assuntos relacionados ao desenvolvimento do município de Colméia, o encontro também teve o intuito de formar uma Comissão Municipal Provisória do PRTB e viabilizar um pré-candidato a prefeito pela sigla. Na ocasião, foi definido o nome do Subtenente Soley como pré-candidato a prefeito de Colmeia pelo PRTB.

Integraram o grupo que esteve em Palmas o subtenente da Polícia Militar Ramão Soley, delegado da Polícia Civil Roberto Assis, sargento da reserva da Polícia Militar Comandante Félix e o empresário Éder Corso.

Da esq. p/ a dir.: Roberto Assis, Éder Corso, Comandante Félix, Subtenente Soley, Júlio Fidélix e Adriano Ribeiro

“Colméia precisa avançar e suprir as necessidades da comunidade em geral. Para isso é necessário ouvir a população, coisa que os políticos corruptos não fazem, infelizmente. Afinal, todos sabem que nas vésperas das eleições buscam comprar votos.”, disse o Subtenente, que foi candidato a deputado estadual pela mesma sigla em 2018.

“O PRTB é o único partido de direita, no Brasil, com os mesmos ideais do governo federal. Lutamos por valores, princípios, ética na política, zelo com o dinheiro público e projetos que visam segurança e saúde de verdade pra população carente. E isso há muito tempo tem sido negado à população de Colméia e do Tocantins.”, pontuou Júlio Fidélix.

Tocantins | Carlesse diz que quer que contratos de professores passem de 1 a pelo menos 2 anos de vigência

Carlesse diz que quer que contratos de professores passem de 1 a pelo menos 2 anos de vigência.

Governador Carlesse

O governador Mauro Carlesse (DEM) afirmou na abertura do ano letivo de 2020, na manhã desta segunda-feira, 3, na Escola Estadual de Tempo Integral Professora Elizângela Glória Cardoso, em Palmas, que vai avaliar com os órgãos competentes a possibilidade de aumentar o prazo de vigência dos contratos dos professores. Para evitar prejuízos ao sistema de ensino do Estado, Carlesse decidiu neste ano renovar os contratos para 2020.

Por pelo menos dois anos

Ele explicou que a continuidade dos contratos “foi uma vontade do governo, pensada e estudada pela equipe”. “Vamos checar se a lei permite e, se for possível, trabalhar para que os contratos tenham vigência de pelo menos dois anos. Isto vai dar mais segurança aos nossos professores”, defendeu o governador.

É angustiante

A professora de Palmas Eliomária Clemente da Silva afirmou que “é angustiante” imaginar a possibilidade de perder o emprego. Como não há número suficiente de profissionais concursados, parte do magistério trabalha sob contrato temporário. Tradicionalmente, todos os anos havia troca de professores, com novas indicações por políticos.

Prejudica o desempenho

Para 2020, Carlesse decidiu renovar todos os contratos para evitar essas mudanças que o governo avalia que prejudicam o desempenho do sistema de ensino do Estado.

Teste de Autoestima: qual é o seu nível de Autoestima?

Um dos testes psicológicos mais conhecidos para avaliar a autoestima é a famosa escala de Rosenberg. Trata-se de um teste de dez perguntas que nos ajuda a avaliar esse aspecto tão decisivo para o nosso bem-estar psicológico.

O teste de autoestima mais conhecido e utilizado é, sem dúvida, a escala de Rosenberg. É verdade que estamos diante de um instrumento psicométrico que já tem mais de cinco décadas; no entanto, ainda é adotado pela simplicidade de sua aplicação (consiste em apenas 10 itens) e, sobretudo, agrada pela sua confiabilidade e validade.

Quando falamos de autoestima, fica claro que qualquer pessoa deveria saber como defini-la. É, basicamente, o conceito que temos de nós mesmos e como nos avaliamos. Agora, cabe destacar que esse aspecto da personalidade possui mais definições, pinceladas mais complexas que traçam uma tela psicológica cheia de nuances, formas e perspectivas únicas.

Autoestima são os pensamentos que temos sobre nós mesmos todos os dias. Também são as percepções de como os outros nos veem. Também não podemos esquecer o peso da infância, da educação, da interação com nossos pais, amigos, parceiros. Esse traço da personalidade, integra conceitos como identidade, autoconsciência, autoeficácia, etc.

Da mesma forma, para aprofundar o conceito de autoestima, é interessante consultar os muitos trabalhos de Morris Rosenberg, professor de sociologia da Universidade de Maryland e pioneiro no estudo dessa área.

Foi em um de seus livros, Sociedade e a Autoestima Adolescente, publicado em 1965, que ele apresentou pela primeira vez a sua escala de autoestima.

Esse instrumento continua sendo, até os dias de hoje, uma das ferramentas psicométricas mais utilizadas. Veremos o porquê.

“Ninguém pode se sentir confortável sem a sua própria aprovação”.
– Mark Twain-

Teste de autoestima: escala de Rosenberg

A autoestima é uma construção psicológica subjetiva. Sabemos que seus ingredientes são formados através de cada experiência e da avaliação que fazemos desta, também do que dizemos a nós mesmos, da maneira como tratamos, apreciamos e nos avaliamos em quase todos os aspectos da vida.

Agora, é importante destacar uma nuance: a autoestima é uma dimensão emocional. Não podemos esquecer que essa atribuição pode flutuar em algum momento, começando, acima de tudo, pela maneira como interpretamos e enfrentamos certos eventos em nosso processo vital. Ou seja, ninguém chega ao mundo com uma forte autoestima e a mantém nesse estado ideal até o fim de seus dias.

A autoestima é como um músculo; se a negligenciarmos, às vezes ela enfraquece. Se a exercitarmos diariamente, tudo flui, tudo pesa um pouco menos e nos sentimos fortes o suficiente para lidar com quase tudo.

Assim, um bom ponto de partida para saber em que estado esse “músculo psicológico” se encontra é esse teste de psicologia da autoestima, o mais reconhecido até o momento: a escala de Rosenberg.

Qual é a história da escala de Rosenberg?

Morris Rosenberg desenvolveu a escala com base em dados de 5.024 adolescentes de escolas americanas. Sua ideia era tentar entender como o contexto social das pessoas estava relacionado ao conceito de autoestima.

Ele sabia que fatores como a educação, o ambiente e a família poderiam aumentar ou afetar essa construção psicológica. Sua ideia era desenvolver um teste de autoestima para avaliar como estavam os adolescentes em seu país.

Esse trabalho foi realizado em 1960, despertando imediatamente o interesse da comunidade científica. Isso ocorreu especialmente porque a escala mostrou uma alta confiabilidade e porque permanece igualmente válida ao longo dos anos e em outras populações do mundo.

Como o teste de psicologia de autoestima de Rosenberg é aplicado?

Um dos fatos mais notáveis ​​desse teste de psicologia da autoestima é sua simplicidade de aplicação. É composto por 10 itens com quatro opções de resposta no estilo alternativa, variando desde concordo totalmente a discordo totalmente. Se nos perguntarmos, agora, como é possível que esse instrumento seja válido com apenas dez perguntas, é interessante destacar um detalhe.

Em 2001, o Dr. Richard W. Robbins disse que, para avaliar a autoestima, na realidade, bastava apenas uma pergunta: “Tenho uma boa autoestima?”. De fato, ele desenvolveu a Escala de Autoestima de Elemento Único (SISE), demonstrando em um estudo que ela era tão eficaz quanto a escala de Rosenberg.

Quais são as perguntas presentes no teste?

Os itens que estão na escala de autoestima de Rosenberg são os seguintes:

  1. Sinto que sou uma pessoa digna de apreciação, pelo menos tanto quanto as demais.
  2. Estou convencido de que tenho boas qualidades.
  3. Sou capaz de fazer as coisas tão bem quanto a maioria das pessoas.
  4. Tenho uma atitude positiva em relação a mim mesmo.
  5. Em geral, estou satisfeito comigo mesmo.
  6. Sinto que não tenho muito do que me orgulhar.
  7. Em geral, me inclino a pensar que sou um fracasso.
  8. Gostaria de poder sentir mais respeito por mim mesmo.
  9. Há momentos em que penso que sou inútil.
  10. Às vezes acho que não sou uma boa pessoa.

Cada pergunta deve ser respondida com base no seguinte tipo de resposta:

A. Concordo totalmente
B. Concordo
C. Discordo
D. Discordo totalmente

Interpretação do teste

A metodologia ao avaliar cada resposta segue as seguintes diretrizes:

  • Perguntas de 1 a 5 -> as respostas de A a D são pontuadas de 4 a 1.
  • Perguntas de 6 a 10 -> as respostas de A a D são pontuadas de 1 a 4.

Dessa forma, se tivermos uma pontuação final que vai de 30 a 40 pontos, teremos boa autoestima. Se a pontuação final variar entre 26 e 29 pontos, teremos uma autoestima média que deve ser melhorada. Finalmente, e se tivermos obtido 25 pontos ou menos, estaríamos com uma baixa autoestima.

Para concluir, a escala de autoestima de Rosenberg é uma ferramenta tão útil quanto simples, muito prática para avaliar pacientes tanto no ambiente clínico quanto na população em geral. Vale a pena fazer uso desse recurso psicológico.