Arquivar novembro 2019

Amastha participa de Conferência Nacional da Autorreforma do PSB, no Rio de Janeiro.

Carlos Amastha

O vice-presidente Nacional do PSB e presidente estadual do partido do Tocantins Carlos Amastha participa nesta quinta e sexta-feira, 28 e 29, da Conferência Nacional da Autorreforma do PSB, que está sendo realizada no Rio de Janeiro. Na oportunidade será apresentada uma proposta de reformulação aos parlamentares do partido. A ideia do PSB é iniciar uma campanha contrária à polarização.

“É um momento importante do partido, pois é preciso além de debater metas e estratégias, se posicionar diante do atual cenário político-econômico do país e definir encaminhamentos, além de formular diretrizes do PSB”, disse Amastha.

“Vamos dar complementaridade à democracia representativa. O diretório nacional do PSB planeja remodelar a maneira de a legenda fazer política e quer estabelecer novas diretrizes que aproximem a sociedade aos políticos filiados ao partido”, destacou o presidente do partido Carlos Siqueira.

A legenda aposta na construção de discursos e atitudes que encontrem ressonância entre os eleitores. “A crise brasileira é essencialmente política. O sistema democrático, se não for refeito, aos poucos dará seguimento ao autoritarismo. Não podemos mais buscar o modelo que, ao conciliar interesses, se esquece de fazer os enfrentamentos necessários à edificação de um grande país. Esses são os grandes desafios que todos esperam: mudar a forma de funcionamento dos partidos e a prática de como fazer política”, analisou Siqueira.

Carlos Amastha - Rio de Janeiro

Estudante de Palmas – TO, cria o “Ministério RTD” para melhor levar a mensagem de Deus, através da mídia.

Daniel Cadso, 22 anos, estudante de Letras na UFT – Universidade Federal do Tocantins. Foi através da mídia que ele encontrou um jeito de melhor levar a mensagem de esperança a muitas pessoas do País.

Desde pequeno sempre fui devoto, era católico, com respeito aos meus irmãos, más um dia conheci a verdade que encontrei e me fez ser quem eu sou hoje. Nem tudo na minha vida foi fácil, lutas, discriminação, preconceito, marcaram minha infância de uma maneira bem forte. Más após eu descobrir um Deus de amor que morreu e deu a vida por mim, fui transformado e hoje, o que passou não existe mais. Sou de família humilde que sempre lutou pra se manter, e recebi muitas coisas boas dos meus pais. Um dia recebi um chamado; fazer parte de uma família mundial que espera a volta de Cristo e leva essa mensagem para nossa geração. Disse Daniel.

Daniel já passou por outros dois Estados, antes de chegar em Palmas – TO, foi eles: Estado do Pará; onde ele conheceu a igreja que pertence e foi batizado. O outro foi o Estado do Mato Grosso; onde ele serviu voluntariamente em um projeto missionário chamado: “Um Ano Em Missão”. Más foi no Estado do Tocantins, na cidade de Palmas, que ele fez crescer o “Ministério RTD – Reavivado Todo Dia”.

Daniel Cadso cria Ministério RTD

Fonte da imagem: Reprodução

“RTD” é a sigla que significa “Reavivado Todo Dia”. Esse é o nome do ministério que fundei para levar a mensagem, através de vídeos curtos que falem do amor de Deus dando uma motivação a mais para o espectador começar bem o dia. O RTD tem uma história muito interessante. Quando servi ano passado, tínhamos nossas atividades principais e secundárias, as quais as principais eram dar estudos bíblicos e visitar as famílias. As secundárias se desenvolviam no talento que cada missionário tinha.

Como sou da área da educação, sempre gostei das salas de aula, então, auxiliava a escola do Estado e Município em Glória D’Oeste – MT, onde lá eu entrava em sala com os professores e os auxiliava. Através desse contato tinha uma porta de entrada para conhecer a realidade de muitos deles, e assim poder ajudar como poderia. Sentia que ainda podia fazer mais, e logo, tive a ideia de gravar vídeos para mandar para o pessoal da cidade, aqueles que eu tinha contato, e outros que nós não podíamos alcançar, a não ser pelas redes sociais.

Usei o “Pastor Ivan Saraiva” como inspiração, sempre admirei muito o seu ministério. Percebi então que as pessoas gostavam a cada vez que recebiam, porém quando chegou no final do projeto elas não queriam deixar de receber os vídeos. Então levei o ministério comigo, e quando cheguei em Palmas, encontrei amigos que me apoiaram e hoje contamos com uma equipe de nove pessoas que trabalham diretamente com o ministério e vários replicadores, que replicam os vídeos no Tocantins e alguns Estados Brasileiros. Ressaltou Daniel.

Quem poderia imaginar que a mídia ajudaria as pessoas a receber mensagens especiais todos os dias. O RTD publica vídeos diariamente nas redes sociais. Hoje a Equipe manda vídeos para quase 7.000 (sete mil) pessoas diariamente, fora os que compartilham sem eles saber. Ou seja, tem um alcance muito maior. Más eles fica mesmo mais motivados, é quando eles recebem testemunhos de pessoas quem foram alcançadas com o conteúdo.

A equipe conta com os apresentadores do quadro RTD Responde, Ricardo Rodrigues, o RTD Kids, que são várias crianças passando uma mensagem muito fofa, Menina RTD, com a Dani que estreou o quadro, mais a equipe de filmagem, edição e divulgação e compartilhamento: Iolanda Glória, Romildo, David, Wilkes Pablo, Pedro Ângelo, Davila e Zé Carlos. Ainda conta com alguns replicadores: Heloisa, de Manaus, Ricardo de Campo Grande, Uziel, do Pernambuco e outros.

 

Ministério RTD Kids

Fonte da imagem: Reprodução

Nosso alvo são todos os tipos de pessoas, crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos. Temos todos esses públicos, graças a Deus. Esperamos que a mensagem chegue no coração de todos e assim possam começar bem o dia e compartilhar os vídeos com seus amigos. Disse Daniel.

Pra quem gosta de hábitos e ama mensagem de esperança o RTD pode ajudar você a ficar Reavivado Todo Dia. E para essa equipe ter você é gratificante.

As vantagens, é saber que o nosso trabalho está ajudando muitas pessoas a terem mais esperança, isso faz parte da nossa alegria, causa de motivação para todos nós. Uma vez recebi uma mensagem de uma mãe com depressão e pensando em tirar a própria vida, era num sábado de manhã, tudo dando errado na vida dela. Achou esse o motivo para desistir e deixar suas duas filhas de 4 e 2 anos de idade, quando de repente a filha pega o celular da mãe e aperta no vídeo do RTD que tinha sido enviado em um grupo do WhatsApp.

A mãe de longe escuta falar sobre Josué, e as vitórias do povo de Israel. Foi logo ela pediu à filha o celular e começou a assistir os outros vídeos que foram ignorados, que diziam “Hoje Deus quer dar vitória pra você! Não desista! Lute, persista!”, e imediatamente a esperança ressurgiu no coração dessa mãe e ela desistiu do ato. Pode ser algo pequeno, mas já foi capaz de livrar uma vida para a honra e a glória de Deus. Depois disso passei a ter um acompanhamento mais próximo com ela. Temos diversos testemunhos, mas este um visualizado.

Um muito obrigado, ao testemunho mais completo, é o fator de motivação para cada um de nós. Isso é ser missionário, continuar uma missão ao qual foi a nós confiada e se dispôr a ir. Independente se sou capacitado ou não, a Bíblia nos prova que Deus precisa de pessoas dispostas, o restante, Ele vai fazer por nós. Eu e você temos uma missão de levar o amor de Deus a esta nossa geração, ser Jesus para quem não o conhecer e ser a Bíblia para quem não sabe ler. Lembre-se, Deus tinha um único filho e fez dEle um missionário (David Livingstone)

Seja você também, não precisa ser especificamente através de vídeos, mas pode ser através da sua vida e o que você sabe fazer de melhor. Todos temos um dom, use ele para a glória de Deus para salvar vidas, e não se esqueça meu amigo e minha amiga, leia a Bíblia e fique “Reavivado Todo Dia”. Finalizou Daniel.

Seja você também um RTD! Acesse nossas redes sociais (instagram, Facebook, YouTube e WhatsApp) @ministeriortd, no Whatssap você pode chamar + 55 (65) 9 9641-2865, e ajude a levar esperança para quem está ao seu redor. Que Deus te abençoe.

 

Ocinarya Saraiva Lima, Psicóloga, Empresária e Promotora de Eventos, de Palmas – TO, 24 anos. Em entrevista para a Revista Together News, ela conta sua trajetória e como chegou a ser Psicóloga.

Fonte imagem: Reprodução

Ocinarya Saraiva Lima, formada pela “Universidade Brasil”, exerce a profissão de Psicóloga em Palmas – TO, natural de Guaraí, porém antes de ser Psicóloga, já era Empresária e Promotora de Eventos.

Sou de Guaraí – TO, filha do Professor Osvaldino Mourão e a Confeiteira Cleneci Saraiva. Em 2012 fiz um teste onde o resultado deu uma probabilidade maior na área de humanas. Ao sair do Ensino Médio e passar de primeira no vestibular de Colinas do Tocantins – TO, no curso de Psicologia foi muito gratificante. Onde me identifiquei desde sempre por ter afinidade em ajudar o outro e respeitar suas singularidades. Ao finalizar minha Graduação e em pensar no mercado trabalho, uma colega de profissão e amiga pessoal me convidou a Clínica em Palmas, dando oportunidade de conhecer o mercado de trabalho fora da rede pública “CRAS, CREAS, NASF…”. Atualmente estou atuando como Psicóloga Clínica, com a Abordagem Teoria Cognitiva Comportamental, onde meu público alvo é misto sem particularidades de atendimento, porém minha clientela maior seja infantil. Trabalho com convênios e particular em duas Clínicas. Disse a Psicóloga.

Percebemos que seu consultório está sempre movimentado. Sabemos que esta não é a realidade da maioria dos Psicólogos, então pergunto: O que, em sua opinião, contribui para esta procura?

Sejamos realista que sou vinculada à uma Clínica de renome a muitos anos em Palmas, onde esta vinculada à vários planos, em segundo lugar a forma de trabalhar, as demandas de cada paciente/cliente de forma teórica e acima de tudo prezar à ética e a moral. Costumo usar sempre está frase do teórico Carl Gustav Jung: Ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana. Acredito que a missão do psicólogo seja isso, auxiliar o outro a se encontra ou reencontrar respeitando a singularidade do outro sem julgamentos. Respondeu a Psicóloga

Hoje como em todas as profissões, temos dificuldades e também facilidade em certos outros pontos. Hoje como você percebe que estar tendo um resultado real?

Por meio dos Feedbacks solicitados no processo. Por más que tenhamos muitos clientes, a conscientização de que a sociedade necessita de escuta qualificada para a qualidade de saúde mental e física. O CRP e o CFP trabalha com eficiência, más acredito que falta uma participação maior dos colegas quando temos eventos ou assembleias gerais, pois o coro é muito pouco. Ressaltou a Psicóloga.

Fonte imagem: Reprodução

A paixão pela a profissão é o que motiva cada profissional a seguir em frente com os seus objetivos.

A vantagem de poder colocar em prática o que aprendido é gratificante. Lisonjeada quando após um percurso o paciente/cliente se percebe e se reencontra em si de forma positiva, trazendo resultados após terapia, é maravilhoso. E dar alta ao paciente é gozo pleno como diz nosso querido teórico Jacques Lacan. Finalizou.

Amastha é homenageado durante comemorações dos 30 anos da Frente Nacional de Prefeitos

O ex-prefeito de Palmas e ex-presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) Carlos Amastha foi homenageado nesta terça-feira, 26, em Brasília, durante as comemorações dos 30 anos da entidade. As celebrações tiveram início em sessão solene na Câmara dos Deputados, com a presença de parlamentares e prefeitos. Em seguida foram realizadas várias homenagens na sede da FNP com a presença do presidente do Senado Davi Alcolumbre e do senador e líder do governo, Eduardo Gomes.

“A vida acontece nas cidades, nos milhares de municípios brasileiros. Por isso, as prefeituras têm um papel fundamental para que as necessidades dos cidadãos sejam atendidas”, disse Amastha acrescentando que experiências exitosas de Palmas foram conhecidas no Brasil inteiro quando ele esteve na FNP.

Ao discursar, o deputado federal tocantinense Vicentinho Junior também reforçou a importância do municipalismo. “A união classista dos prefeitos é que fortalece o bom debate”, disse ele parabenizando o ex-prefeito pela gestão da Capital tocantinense. “Você Amastha brilhantemente superou as expectativas de todos os palmenses e tocantinenses e fez uma excelente gestão à frente da prefeitura de Palmas. Foi um prefeito que inovou e fez o que o palmense mais precisava em várias áreas como saúde e educação”, complementou.

Alcolumbre, por sua vez, relembrou que Amastha fez uma excelente interlocução com o Congresso quando assumiu a presidência da FNP. Eduardo Gomes destacou os esforços de Amastha em prol do desenvolvimento e crescimento dos municípios.

Políticas Públicas
O presidente da FNP e prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, lembrou que muitas políticas públicas federais nasceram dos debates com os prefeitos, mas cobrou um redesenho do atual pacto federativo para que as responsabilidades do Estado, dos municípios e da União estejam claramente definidas.

“Hoje tudo é responsabilidade do prefeito. No entanto, muitas vezes o orçamento não possibilita que isso seja cumprido”, disse ele ao defender maior participação dos prefeitos nos debates sobre a reforma tributária.

A FNP é a uma entidade municipalista nacional dirigida exclusivamente por prefeitas e prefeitos em exercício. Tem como foco de atuação os 406 municípios brasileiros com mais de 80 mil habitantes, recorte que abrange 100% das capitais, 60% dos habitantes e 75% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. (Com informações da FNP).

Roberto Assis, Delegado de Colméia, Goianorte e Itaporã. Formado pela UFG – Universidade Federal de Goiás. Em entrevista para a Revista Together News, ele conta um pouco de sua história e como chegou a ser Delegado

Roberto Assis, exerce a profissão de Delegado dentro de um (1) ano em Colmeia – TO, porém antes de ser Delegado já foi Agente de Polícia em Goiânia – GO, por oito (8) anos, e antes disso também foi Bombeiro por cinco (5) anos, também em Goiânia – GO.

A função de um Delegado, ele preside as investigações da polícia, efetua prisões, faz a coleta de provas pra convencer o Juiz a deixa o suspeito preso, tudo isso tá na Lei. O que sempre me atraiu na carreira policial é um cumprimento de um dever, tornar nossa sociedade um pouco melhor, pouco mais harmoniosa, e fazemos isso através do Combate ao Crime, como muita energia e com muito amor, pois hoje a Polícia Civil, não se limita em fazer prisões, investigar, prender bandidos, seja eles dos altos escalões de políticas consagradoras ao bandido que trafica drogas a nossa esquina, a Polícia Civil não se limita só a isso, hoje fazemos palestras educativas, trabalhamos também com a prevenção, que conversando com os alunos nas escolas agente percebe que ao mesmo tempo nos previne futuramente, pois esses jovens que hoje ouve palestra no futuro eles não vão querer usar drogas e cometer crimes. Citou o Delegado.

Hoje com 34 anos de idade desde de criança brincava de polícia e ladrão. Geralmente eu sempre era o ladrão, eu amava correr, amava me divertir, más vamos amadurecendo as idéias e muito cedo eu entrei no Corpo de Bombeiros, e dentro do Bombeiro eu já sabia que queria algo más, eu já ajudava as pessoas, agente fazia salvamento aquático, salvamento em altura, resgate de pessoas acidentadas. Más eu via que poderia fazer mais, e logo em seguida fui ser Agente de Polícia, com o sonho de um dia ser Delegado de Polícia e graças a Deus, ele me concedeu essa sonhada honra. Quando, Agente de Polícia me sentia limitado, porém com meu cargo não poderia ir além, e isso me motivou muito a ser Delegado, o desejo de ir além, isso é a base de todas as profissões, ir além, é esse além que nos traz uma recompensa que não tem preço. Ressaltou o Delegado.

Delegado Roberto Assis em Palestra

 

 

 

 

 

A recompensa é plena quando o Delegado ama o que faz, muitas vezes fica longe da família, devido as substituições. Na medida que um Delegado vai progredindo na carreia, ele pode escolher um Lugar pra ir, essa movimentação de Delegado dentro no Estado é natural, depende muito dos Chefes de Polícia, más não existe um tempo determinado, a qualquer momento eu posso ser designado a trabalhar em outra delegacia. Ficamos sempre com momentos marcantes na carreira por onde passarmos, eu me lembro certo acontecimento em Goiânia – GO, prendemos um rapaz que era gago, ele não conseguia conversar muito bem, más comigo ele conseguia conversar com mais desenvoltura, e eu me lembro que eu peguei ele coloquei no carro e levei ele pra comer um lanche porque havia dois dias que ele tava sem comer nada, e agente por más que tenhamos que fazer prisões, agir com rigor e sermos duros ao combate ao crime, isso não nos impede de sermos humanos em primeiro lugar, antes de Delegado de Polícia sou um Homem e também sou humano e logo tenho que ter compaixão pelo os meus semelhantes, me lembro que eu peguei ele escondido, imagina se esse preso escapa, foge, eu morrendo de medo dele fugir, eu falava assim: você não vai tentar fugir não, de jeito nenhum, ele ficou muito satisfeito, o agradecimento dele demorou cinco (5) minutos, pois era gago.

Passou-se quatro (4) semanas, ele já estava solto, ele voltou na delegacia com um presente um carrinho de polícia pra me presentear como forma de agradecimento de eu ter tratado ele como ser humano, que é minha obrigação, as vezes agente quer ser muito rigoroso e esquecemos que ali é uma pessoa que cometeu um deslize, como qualquer outra, e cabe a Polícia Civil ser uma Polícia humana, foi se o tempo da polícia que batia e depois perguntava, então percebi que ele ficou muito agradecido, diferentes de muitos outros presos, pois muitos saem da prisão piores do que entraram e as vezes acontece de agente prender a pessoa por mais tempo.

Delegado, faz uma análise de segurança do Estado do Tocantins. A segurança do Estado do Tocantins é muito regular, Tocantins é um Estado novo, posso falar pela Polícia Civil, de dois (2) anos pra cá melhorou eu diria 60% a 70%, tanto em efetivo como em qualificação e estrutura de delegacias, ainda não é o ideal, precisamos de mais policiais, más pelos os policiais que temos fazemos um bom trabalho. Isso também não impedem de um de nós chegar a perder determinado cargo, qualquer uma das pessoas que trabalha na Polícia chegar a cometer algum crime de corrupção, aceitar dinheiro em troca de algum trabalho, caso pratique algum crime de tortura e lógico crimes como tráfico de drogas ou chegar matar alguém entre outros. Antes de sermos Delegados somos investigados rigorosamente pela Polícia Civil, agente não pode ter nenhuma passagem pela polícia, nenhum tipo de registro contra sua pessoa, tudo isso pra deixar entrar os melhores, com comportamentos ilibado, pra que seja exemplo na sociedade. Citou o Delegado.

Falo aos jovens que sonha em ser Delegado, mantenha a persistência e a confiança em Deus, peça mais capacidade, mais ânimo, tá na Faculdade aproveite bem o tempo, aproveite pra estudar, é durante a Graduação que percebemos a pessoa que vamos nos tornar. Seremos todos colegas do Sistema Criminal. Espero que quando passarem em algum concurso venha aqui até mim para eu poder parabenizar e confraternizarmos juntos. Finalizou.

Darlan Silva, Coreógrafo e Produtor Cultural de Redenção no Estado do Pará, conta sua trajetória de vida e conta um pouco dos projetos em entrevista para a Revista Together News

Darlan Silva Santos, 51 anos, nascido em Igarapé Açu – PA, produtor cultural desde do início da década de 90, transitando por diversos saberes e expressões culturais. Pedagogo formado pela UAB – Universidade Aberta do Brasil e CEFET – Centro Federal de Educação Tecnológica, ativista cultural com experiência em várias expressões culturais em Redenção e região.

Entre 95 a 98 trouxe para redenção o grupo de Dança Toadas, que teve grande expressividade na comunidade Redencense, tendo sido convidado por diversas Unidades Escolares para transmitir o saber aos educandos.

Sendo este grupo o primeiro a trazer este tipo de expressão cultural genuinamente amazônica para Redenção. Ainda na década de 90 passou a fazer trabalho voluntários nas Escolas do Município envolvendo dança.

Participou ativamente como delegado, dos vários processos de conferências de cultura, tanto nos níveis Municipais quanto Estadual, nos anos de 2007 a 2013. De 1992 a 2019, vem participando de todas as edições do evento denominado “Cidade Frente a Frente”, que é evento cultural realizada na cidade de Conceição do Araguaia – PA, com participações de toda a região Araguaia Paraense, tendo sido destaque em premiações em quase todas as edições.

Em 2005 a 2007, realizou oficinas de dança contemporânea pelo IAP – Instituto de Artes do Pará, sendo a primeira em Belém e a segunda em Redenção. De 2007 a 2017 participou ativamente no Grupo de Quadras Juninas Explosão de Redenção na parte de figurino, tema e coreografia.

Em 2009 passou a desenvolver atividades relacionadas ao Universo da Moda, planejando e executando a primeira edição do Projeto Miss Redenção Tee, que, em decorrência de ter sido bem aceito pela comunidade Redencense, apesar das dificuldades financeiras e pouco (ou inexistente) incentivo por parte do poder público, mantém o projeto vivo até a presente data.